Igreja de São Francisco

Os frades franciscanos começaram a construir a Igreja de São Francisco em 1245. Mais tarde, teve que ser reformada depois do incêndio que destruiu o antigo claustro e parte da igreja.

Embora a origem dessa igreja fosse românica, posteriormente foi transformada ao estilo gótico e mais tarde adquiriu uma decoração barroca.

Interior

O Interior tem três naves revestidas com talhas douradas, nas quais se acredita que foram usados mais de 300 quilos de pó de ouro. Tanto é o ouro que reveste a igreja que, anos atrás, foi fechada ao culto por ser muito ostentosa para a pobreza que a rodeava.

Na nave lateral esquerda está uma das maiores atrações da igreja, a Árvore de Jessé, uma escultura de madeira policromada considerada uma das melhores do mundo em seu gênero.

As catacumbas

Sob o chão da igreja de São Francisco se escondem suas catacumbas, um lugar onde estão enterrados muitos dos irmãos da ordem dos franciscanos, assim como algumas das famílias nobres da cidade.

Além das sepulturas, nas catacumbas há um ossário com milhares de ossos humanos que podem ser vistos através de um vidro colocado no chão.

Nossa opinião

Junto com a Igreja dos Clérigos e a Catedral, a Igreja de São Francisco é um dos monumentos religiosos mais importantes de Porto. Você pode aproveitar a visita para conhecer o Palácio da Bolsa, que está bastante perto. 

Horário

De novembro a fevereiro, das 9:00 às 17:30 horas.
De março a junho e outubro, das 9:00 às 19:00 horas.
De julho a setembro: das 9:00 às 20:00 horas.

Preço

Adultos: 4€.
Cartão Porto Card e estudantes: 25% de desconto.

Transporte

Ônibus: linhas 1, 57, 91, 23 e 49.