Transfer aeroporto
Hotéis em promoção
  1. Fecha de llegada
  2. Fecha de salida
Alquiler de coches
Voos baratos

Porto em 48 horas

O seguinte itinerário está pensado para uma viagem de dois dias e meio ao Porto. É válido para todos os dias da semana, mas você terá que checar os horários de abertura de cada museu e ponto turístico, já que muitos fecham às segundas.

Dia da chegada

Praça da Liberdade
Praça da Liberdade

Prefeitura do Porto
Prefeitura do Porto

Se você chegar no fim do dia, provavelmente você não terá muito tempo para ver monumentos, mas poderá aproveitar para passear pela cidade e ver algumas zonas interessantes.

Um bom ponto de partida para conhecer o Porto pode ser a Avenida dos Aliados. Situada em pleno centro do Porto, essa rua está repleta de edifícios modernistas, entre os quais está a Prefeitura, um edifício de mármore e granito que se destaca.

Caminhando pela avenida e deixando a Prefeitura para trás, você chegará à Praça da Liberdade, a mais importante de Porto. No centro há uma estátua equestre do rei Pedro IV – Dom Pedro I para os brasileiros.

Ao pegar a esquerda, você chegará à estação de trens São Bento, um dos grandes tesouros da cidade. Seu hall decorado com mais de 20.000 azulejos que contam a história de Portugal com certeza te deixará impressionado.

Ao sair da estação, desça pela rua Mousinho da Silveira e depois siga reto pela rua da Alfândega até chegar na margem do rio Douro.

Na zona da Ribeira você encontrará dezenas de restaurantes com mesinhas na rua, onde poderá degustar pratos típicos portugueses enquanto observa o Douro, as caves e a Ponte de Luís I.

Como já será tarde, o roteiro de hoje termina aqui.

Primeiro dia

A visita começa às 10 da manhã na Igreja dos Clérigos. Para começar bem o dia, depois de visitar a igreja você terá que subir na torre. A vista privilegiada da cidade fará você esquecer os mais de 200 degraus de subida. 



Depois de voltar à terra firme, pegue a rua São Filipe de Nery e, no final dela, à esquerda, pegue a rua das Carmelitas. Na altura do número 144 está a Livraria Lello e Irmão, uma livraria dos sonhos que dizem ter servido de inspiração para a autora da saga Harry Potter.

Seguindo pela rua das Carmelitas, você chegará à rua do Carmo, onde poderá pegar o bonde 22, que para em frente à Igreja de Nossa Senhora do Carmo.

A última parada do bonde é a Praça da Batalha, o seu próximo destino. Ali está a Igreja de São Ildefonso com sua peculiar fachada decorada com centenas de azulejos azuis e brancos.

Mercado do Bolhão
Mercado do Bolhão

Palácio da Bolsa
Palácio da Bolsa

Descendo a rua 31 de Janeiro, do lado esquerdo, você chegará na rua Santa Catarina, uma das principais vias comerciais da cidade. Seguindo nela você chegará ao Café Majestic, um elegante café dos anos 1920, onde pode tomar algo e curtir seu ambiente histórico.

Voltando à rua Santa Catarina e avançando um pouco mais, você poderá ver a Capela das Almas, uma pequena igreja decorada com azulejos brancos e azuis que já te parecerão familiares.

Descendo pela rua De Fernandes Tomás, você verá o Mercado de Bolhão, um lugar nostálgico onde muitos vendedores expõem suas frutas e verduras como se o tempo tivesse parado.

Ao sair do mercado, pegue a rua Formosa até a Avenida dos Aliados. Passeie pela Avenida, Praça da Liberdade e a rua de Mousinho da Silveira até chegar na rua da Bolsa. No edifício do Palácio da Bolsa, é imprescindível fazer uma visita guiada para conhecer sua história.

Girando pela rua da Bolsa, você estará na Igreja de São Francisco, onde poderá ver seu interior pomposo e suas catacumbas.

Se você ainda tiver tempo e energia, pode aproveitar para visitar a Catedral. A melhor forma de subir até ela é pegar o bonde no final do Cais da Ribeira.

Nesse momento você já estará pensando onde jantar. Se você gostou da zona da Ribeira, não é má ideia repetir, já que é um dos lugares mais animados da cidade. Se você prefere provar algo novo, pode ir à zona do Carmo, onde você já pegou o bonde 22 de manhã.

Segundo dia

Catedral do Porto
Catedral do Porto

Vila Nova de Gaia
Vila Nova de Gaia

Se no dia anterior você não teve tempo suficiente para ver a Catedral, é um bom ponto para começar a visita. Você pode ir cedo, já que ela abre suas portas às 9 da manhã. Depois de visitar a catedral e o claustro e de ter feito algumas fotos da cidade vista de cima, o Funicular dos Guindais te levará à parte baixa da cidade.

Cruzando a Ponte de Luís I, você chegará na Vila Nova de Gaia, cidade vizinha a Porto onde funcionam as caves de vinho do Porto.

Na Avenida de Diogo Leite, paralela ao rio, você encontrará barraquinhas que vendem excursões de barco pelo Douro (normalmente costumam dar as entradas a algumas caves).

Depois do passeio de barco é o momento de visitar algumas caves e degustar seus doces vinhos. As caves mais recomendadas, para nós, são: Ferreira, Sandeman e, por seu museu, Ramos Pinto.

Na rua das caves você poderá pegar um ônibus para chegar no centro da cidade e dali pegar o metrô para o aeroporto.

Você tem mais tempo?

Se você vai estar mais dias no Porto e já seguiu o nosso roteiro básico, não se preocupe, porque ainda há muitas coisas interessante para ver e fazer, como o Museu Soares dos Reis, o Museu do Carro Elétrico, a Igreja São Lourenço dos Grilos e muitos outros lugares que não deixarão espaço para o tédio.